domingo, 15 de novembro de 2015

Publicidade Parodoxal



Não acho bem censurarem-se nomes. Mas quem criou uma empresa de trabalho temporário deveria ter o mínimo de cabeça pensadora para não escolher Vertente Humana como nome. E o anúncio não é nada humano: pressão para vender muito e mais por apenas alguns meses. E depois, dão-te um chuto no rabiosque e ficas a chuchar no dedo.

10 comentários:

  1. Por outras palavras, vais enganar muita gente com vendas ao telefone lolololololol

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão, mas sendo propagando o que é que se poderia esperar?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para capturar pessoas, toca de as deslumbrar.

      Eliminar
  3. Ainda estou para perceber este negocio...

    ResponderEliminar
  4. Bom, quando crias uma empresa, é uma luta inglória para criares o nome, isto se quiseres que a empresa tenha o nome legalizado. Além de pagares mais de 50 euros - acho que paguei 54 em 2011, quando abri a minha - estás dependente do nome estar disponível. E se não estiver, tens mais uma ou duas tentativas. Se ainda assim não der, pagas outros 50 e tal euros para "tentar"...

    ResponderEliminar
  5. talvez o HUMANO da tal VERTENTE seja apenas o dono da empresa! rsrsr

    ResponderEliminar